5 Dicas de como montar uma aula mais produtiva!

aula-mais-produtiva

Ter a certeza de que seus alunos aprenderam o que foi ensinado é uma das grandes alegrias de todo professor. Além da sensação de dever cumprido, há a satisfação única de perceber que o conteúdo foi absorvido pelos estudantes.

Mas não é sempre que isso acontece. Com isso, é comum se questionar sobre como montar uma aula mais produtiva. A resposta para esta pergunta é um desafio que começa pela dificuldade de entender o que seria uma aula produtiva, já que essa avaliação leva em conta quesitos subjetivos.

Depois, o grande obstáculo é descobrir as formas de aumentar o rendimento dos seus alunos. Pensando nisso, preparamos este post com dicas importantes para ajudar você, professor(a).

Deseja obter melhores resultados com as suas aulas? Confira abaixo o que temos para te passar!

O que é uma aula produtiva?

aula-mais-produtivaO primeiro passo para saber se uma aula foi produtiva começa no planejamento. Ao estabelecer o que será ensinado, o professor também deve definir um objetivo para si e para os estudantes.

Em outras palavras, essa meta deve responder à pergunta: o que meu aluno deve aprender ao final da explicação? Portanto, uma aula produtiva é, invariavelmente, aquela em que o objetivo traçado pelo professor é alcançado.

Esse rendimento pode ser avaliado durante a própria interação entre alunos e docentes. Um termômetro para isso são as perguntas dos estudantes, que demonstram seu nível de interesse e curiosidade sobre o assunto.

Aplicabilidade do assunto estudado

Além disso, é preciso ter em mente que uma aula proveitosa é aquela em que os alunos percebem a aplicabilidade do assunto estudado. Ou seja, o conhecimento deve romper as fronteiras do ambiente escolar e fazer sentido na vida prática do estudante.

Rendimento dos alunos

Elaborar um plano de ensino produtivo é importante, principalmente, para melhorar o rendimento dos alunos. Os resultados de uma aula realmente proveitosa não se traduzem apenas em boas notas: trata-se de engajar os estudantes no tema ensinado e despertar o interesse por aprender ainda mais sobre o assunto. Para que isso aconteça, é preciso saber como montar uma aula, a fim de romper com formas tradicionais e pouco flexíveis de ensino.

Tenha em mente que, em um mundo onde crianças e adolescentes têm acesso a todo tipo de informação, uma aula onde apenas o professor tem voz, além de ser pouco atrativa, não explora todo o potencial dos estudantes. Afinal, os alunos também podem contribuir de inúmeras formas para a construção do conhecimento no ambiente escolar.

Como montar uma aula mais produtiva e desenvolta?

1. Adapte a linguagem

A linguagem é o ponto de contato entre professor e aluno. É por meio dela que o docente pode se aproximar ou distanciar dos estudantes.

Por isso, o professor deve adaptar sua linguagem para se comunicar com os estudantes. Afinal, a forma como o conhecimento será construído em sala de aula deve estreitar o contato entre mestres e aprendizes.   Apostar em uma fala descontraída pode ajudar os alunos a prestarem mais atenção e se interessar pelo assunto.

Mas nem todos os professores conseguem ser engraçados ou carismáticos. Portanto, o mais importante é que a aula assuma um tom leve, como uma conversa de igual para igual, trazendo exemplos do cotidiano e inserindo o tema na realidade dos estudantes.

2. Saia da sala de aula

O ambiente da sala de aula pode ser entediante e pouco atrativo para os alunos. Por isso, sempre que houver oportunidade, tire-os da classe e leve para outro lugar.

Uma simples mudança de ambiente é capaz de despertar a atenção e a curiosidade dos estudantes. Para isso, basta usar a criatividade para encontrar formas estimulantes de ensino fora do espaço da sala de aula. É possível pensar em formas bem simples, como levar os estudantes em ambientes da própria escola, entre eles:

  1. Biblioteca
  2. Laboratório de ciências
  3. Quadra esportiva
  4. Laboratório de informática.

3. Apresente exemplos reais

Sempre que possível, apresente exemplos reais sobre o conteúdo. Isso pode mostrar aos alunos a aplicabilidade daquele conhecimento fora do ambiente escolar.

Além disso, a visualização de exemplos ajuda a entender o conteúdo na prática, e não de forma abstrata. Para ajudar nessa demonstração, aposte em materiais complementares, como: livros, revistas, jornais, vídeos, documentários e entre outros.

4. Aposte em novas formas de avaliação

A avaliação é indispensável para saber se os estudantes entenderam o que foi ensinado. No entanto, muitas vezes aaula-mais-produtiva aprendizagem é comprometida porque os estudantes se dedicam a decorar o assunto para obter uma boa nota nas provas.

Isso é uma consequência da avaliação somativa, que se preocupa apenas em avaliar, por meio de pontos, o desempenho dos estudantes. Como alternativa, o professor pode apostar em formas de avaliação formativas, que visam contribuir para a construção do conhecimento.

Os estudantes podem ser incentivados a montar projetos, elaborar um seminário, teatros, gravar um vídeo, criar um site, enfim, basta usar a criatividade! Se não for possível substituir a prova tradicional, procure usar as formas criativas de avaliação para compor a nota em conjunto com a prova.

5. Torne a aula mais produtiva e dinâmica

Existem inúmeras formas de tornar uma aula mais dinâmica, variando com o conteúdo a ser ensinado. Em síntese, trata-se de promover a integração entre a classe e estimular os estudantes a participarem, de forma ativa, da construção daquele conhecimento. Para isso, o professor pode promover discussões, debates, criar jogos e elaborar projetos em conjunto com os estudantes.

Outra tendência a ser explorada é a gamificação, que implica em pensar a rotina de aprendizagem como um jogo em que os alunos têm desafios a vencer, fases a passar e recompensas por seus méritos. A tecnologia também pode ser uma grande aliada, proporcionando novas formas de interação entre o professor e a classe, mesmo fora do ambiente escolar. Hoje, é possível criar salas de aula virtuais, fóruns de debates e outras formas de interação online.

E ai, curtiu? Então compartilhe esse post com seus amigos em suas redes sociais e nos ajude a disseminar conhecimento.

Compartilhe:

Avenida Dom Pedro II 3973 SL 401 Carlos Prates Belo Horizonte/MG CEP: 30710-535

0800 944 5006

(31) 97584-3344

atendimento@institutoipb.com.br